O que é a Nota Fiscal Modelo 21 e quer entender que é a Nota Fiscal Modelo 21 e 22 ou sua importância para o provedor de internet? 

Neste artigo iremos apresentar alguns pontos importante que um provedor precisar ter o conhecimento para não ter penalidades com Anatel e SEFAZ. então vamos lá.

 Em primeiro lugar, para quem não está acostumado, e até mesmo para quem quer aprender mais sobre o assunto, este texto pode ser interessante! A SEFAZ (Secretaria de Finanças e Planejamento) é o órgão responsável por estabelecer este modelo de NF por meio do convênio 115/03. 

 A NF-21 refere-se à descrição da prestação de serviços de telecomunicações, por exemplo, na forma de recepção, geração ou transmissão. Modelo de fatura 21 Ao contrário da imaginação, não é considerado NF-e (gerado apenas uma vez em XML e DANFE pode ser impresso).  

No entanto, o usuário ou o escritório de contabilidade enviará o lote de notas fiscais modelo 21 por meio dos seguintes programas de computadores para o SEFAZ: 

Validador ICMS 115/2003 - Instalador do verificador versão 3.00g - e a sua última versão do seu software foi lançado em 08/01/2021 

Gerador de TED - Versão 3.00f – publicado em 08/01/2021 e a sua última versão do seu software foi lançado em 08/01/2021 

TED - Transmissor TED 5.6.0 

Qual é a diferença entre Nota Fiscal Modelo 21 e Modelo 22? 

As duas vão operar no mesmo ramo de atividade, mas na 21 (fatura de serviço de comunicação), incluindo empresas de comunicação multimídia, provedores de Internet, concessionarias de energia. 

A Nota fiscal modelo 22 (fatura de serviço de telecomunicações) inclui apenas a companhia telefônica. 

A nota fiscal é emitida pelo Ministério da Fazenda ou pela Prefeitura?  

Ao mesmo tempo, este é um tema muito importante que deve ser destacado. Como disse Paulo Galdino, Engenheiro Eletricista e SEO, “É a emissão do Ministério da Fazenda e não da Prefeitura, porque se for feita fiscalização, a Anatel ou a SEFAZ vai verificar se o provedor está gerando nota da forma correta.  

Portanto, para utilização de emissão de nota fiscal modelo 21 ou 22, será necessário um certificado digital A1. Tome muito cuidado para não utilizar o A3, porque a maioria dos softwares não estão adaptados para utilizar a versão A3 do certificado Digital. 

 Bem como uma lista de software será listado aqui para emissão de notas: 

SyncNFE, Diginota, IXC, SGP, ReceitaNET, Mkfull, ISP controllr, mkauth. Todos os que compõe a lista acima tem  tem a ferramenta  para a geração dos arquivos de lote de remessa para o envio no SEFAZ. 

Espero que tenha gostado do arquivo. Faça um bom aproveito. 

Fonte: Transmiter Engenharia